Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cachimbo de Água

Blog de Francisco Luís Fontinha; poeta, escritor, pintor...

Cachimbo de Água

Blog de Francisco Luís Fontinha; poeta, escritor, pintor...


02.11.23

Hoje,

Vi a lágrima de alegria nos teus doces olhos de mar,

Vi o sorrir da estrela-luar

Nos teus lábios de mel,

Hoje,

Vi o beijo desenhado

No crepe papel,

Hoje,

Vi na tua mão

O silenciado

Silêncio da alvorada…

Vi a escuridão da madrugada,

Hoje,

Hoje vi a lágrima de alegria…

Nos teus doces olhos de mar,

Vi o dia…

E vi o desejo de amar.

 

 

02/11/2023


07.07.23

20230707_222153.jpg

 

Pego no teu doce olhar

E aprisiono-o dentro deste poema

Ainda sem nome

Meio pensado…

Meio envergonhado,

Pego no teu doce olhar

E aprisiono-o dentro desta mão

Que escreve este poema

Ainda sem nome,

E confesso,

Odeio os nomes…

Tudo era tão simples

Se nada

Mesmo nada

Não tivesse um nome,

 

O olhar poderia chamar-se de amar

O mar de pôr-do-sol

O Francisco

O poeta…

Equação de Deus,

 

Mas todos temos uma matricula

Um número

Eu sou o sete milhões

De anos à beira-mar

Ou a comer gelados no Baleizão…

Sei-te lá…

Foi há tanto tempo…

Mas isso já não interessa

O importante

É mesmo o teu doce olhar

De manhã dançante

Sobre uma fina camada de geada,

 

Pego no teu doce olhar

E corro apressadamente para a floresta dos silêncios…

Enquanto uma estrela te segreda…

Sei lá eu o que te segreda…

Para amanhã,

Para amanhã

Nada de novo

No teu doce olhar.

 

 

 

07/07/2023

Francisco

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub