Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cachimbo de Água

Blog de Francisco Luís Fontinha; poeta, escritor, pintor...

Cachimbo de Água

Blog de Francisco Luís Fontinha; poeta, escritor, pintor...


01.05.14

não queiras ser como eu


não o desejes sabendo que o desejar não existe


é um fantasma vestido de saudade


é uma estrela embrulhada em madrugadas de azoto


como os nossos braços


abraçados à árvore do desgosto


 


não tenhas medo do vazio


dos buracos negros que existem no teu corpo


não o queiras


desiste


viaja para o cimo da montanha


e acredita no Luar


 


não chores


não adormeças...


não queiras ser como eu


um baobá esquecido no cacimbo


um cigarro imaginário em pedaços de suor sobre a tua pele de cortinado amanhecer


não não queiras ser como eu... um desejo com sabor a envelhecer.


 


 


Francisco Luís Fontinha – Alijó


Quinta-feira, 1 de Maio de 2014

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub